My Shy Boss Resenha

Tempo estimado de leitura 10 min leitura

Chinguuuuuuss, eu amo o oppa Yeon Woo Jin e acho ele maravilhoso. Os olhares que ele faz são únicos e ele tem uma facilidade para se adaptar aos personagens que é impressionante! Por isso, eu resolvi assistir e acompanhar My Shy Boss. My Shy Boss tambem conhecido como Introverted Boss ou Sensitive Boss.

Sobre

  • Emissora: TvN
  • Ano: 2017
  • Gênero: Dramas Coreanos , Comédia , Românticos , Comédia Romântica
  • Episódios: 16 Episódios
  • Estrelando: Park Hye-Soo e Yeon Woo-Jin

SINOPSE

Eun Hwan Gi é o CEO da Brain, uma renomada empresa de relações públicas da Coréia do Sul. Ele é extremamente tímido e não consegue falar em público. Por isso, quem cuida das relações externas de comunicação, funcionários, público e imprensa é o seu melhor amigo de infância, Kang Woo Il.Ao contrário do CEO Eun, a Chae Ro Woon é uma pessoa muito energética que está sempre se comunicando com as pessoas a sua volta. Ela começou a trabalhar na Brain com a intenção de revelar a suposta verdade sobre o CEO Eun, pois acreditava que ele era o responsável por um incidente que aconteceu há três anos atrás, mas se deparou com uma missão quase impossível: como entender e se aproximar de alguém extremamente complexo que quase não fala, mas está sempre cheio de pensamentos?


COMENTÁRIOS
Bom, mas vamos lá, além desse personagem apaixonante que é o Hwan Gi, o que mais há de interessante nesse drama?

Cena de "My Shy Boss"
Cena de “My Shy Boss”
Cena de "My Shy Boss"
Cena de “My Shy Boss”

-O drama já começa com uma cena de suicídio! Isso mesmo! E quem será essa pessoa que se suicida? Bom, vocês só vão saber se acompanharem o drama hehehe
-Existe um mistério por trás do suicídio! Será que foi suicídio mesmo? E se foi, qual o motivo?
-A prota é o completo oposto do prota! kkkkkk Sim, ela é extrovertida, fala pelos cotovelos e adora uma intriga! Mas ela também é uma pessoa sensível e vai conseguir enxergar o verdadeiro eu do prota!
-Tem triângulo amoroso (a única coisa que eu não gosto nesse dorama :/ ultimamente triângulos amorosos tem me dado nos nervos! grrr). No entanto eu acho que nesse caso é até necessário para que o prota fique com ciuminho e tome uma atitude.  -As outras pessoas tem medo e não compreendem o prota, acham que ele é um chefe carrasco, que abusa de seu poder e trata mal seus subordinados. Seria possível mudar esse ponto de vista das pessoas?
-Enquanto todo mundo acha que Hwan Gi é um “lobo psicopata”, na verdade ele é só um “gatinho assustado” hahahaha 


PERSONAGENS

Eun Hwan Gi / Boss

Cena de “My Shy Boss” – Eun Hwan Gi

O Boss! Excessivamente tímido e introvertido, é sempre mal interpretado pelas pessoas por conta da sua inabilidade em se comunicar. Em seus pensamentos, ele é fofo e atencioso, mas nunc
a consegue externar exatamente o que sente.Devido a alguns problemas na empresa, ele fica responsável por gerenciar uma nova equipe, a Silent Monster, que é formada pelas funcionárias Chae Ro Woon, Kim Gyo Ri, Dang Yoo Hee e pelos Eom Sun Bong e Jang Se Jong.

Chae Ro Woon

Cena de "My Shy Boss"
Cena de “My Shy Boss” – Chae Ro Woon

Nosssa prota. Extrovertida e espontânea. Chae Ro Woon é irmã da ex-secretária do Boss, Chae Ji Hye, que se suicidou na empresa. Desconfiada de que Hwan Ki tem alguma parcela de culpa na morte da irmã, vira funcionária da empresa com o objetivo de se vingar.

Kwang Woon II

Cena de "My Shy Boss" - Kwang Woon II
Cena de “My Shy Boss” – Kwang Woon II

O amigo Falsiane do Boss. Comunicativo, confiante e ambicioso, é ele quem apresenta as ideias do Boss e leva todo o crédito por elas. Está noivo da irmã do Boss, Eun Yi Soo, mesmo não parecendo muito feliz com o relacionamento.

Eun Yi Soo (irmã do Boss) / Kim Gyo Ri (Menbro da Silent Monster)

Cena de 'My Shy Boss'
Cena de ‘My Shy Boss’
Cena de 'My Shy Boss'
Cena de ‘My Shy Boss’

Eun Yi Soo, irmã do Boss, e Kim Gyo Ri, membro da Silent Monster, equipe do Boss, poderiam ter sido reduzidas a apenas mais duas personagens-rótulo: a namorada-psicótica-carente e a tímida-sem-confiança.Mas, ao contrário disso, não se limitaram e foram as personagens que mais evoluíram. Inclusive, ao contrário do Boss, o crescimento delas foi devidamente demonstrado. Elas realmente vivenciaram situações em que tiveram que enfrentar seus medos e mudar.

O QUE ME INCOMODOU

A prota:

Uma prota incomoda muita gente, duas protas incomodam, incomodam muito mais. Eu sei. Eu sei. A ideia foi criar uma prota exageradamente extrovertida pra fazer contraste com um mocinho muito tímido e calado e pra ficar parecida com Joo JangMi, a prota deMarriage, not dating.Entretanto… mais do que extrovertida, Cha Ro Woon era efusiva, invasiva e completamente sem noção! Não sabia quando ficar calada, como se comportar no ambiente de trabalho ou na frente de um cliente e não respeitava o espaço dos outros, resumindo, inconveniente e irritante.Sei que o roteiro não ajudou, mas me pareceu que Park Hye Soo não conseguiu se encaixar no papel logo de cara e, por isso, demorou um pouco pra sua personagem não parecer tão forçada.

O ambiente e a equipe de trabalho:

Demorou d-e-m-a-i-s pra eu conseguir me apegar à equipe. A personalidade de cada um era bem pouco desenvolvida e eles não tinham muita química juntos. Não pareciam formar um grupo coeso, e sim apenas um monte de pessoas reunidas, entende?Com o passar dos episódios, criei um carinho especial por todos eles e queria saber o que ia acontecer. Também achei que o entrosamento melhorou e as cenas em equipe se tornaram mais divertidas. Mas até isso acontecer… eu já tava ZZZzzzzZZzzzZZ


Os estereótipos:

Deram tanta atenção e importância às características contrastantes do casal principal, que ela ficaram exageradas e os tornaram estereotipados. E isso fez com que tanto os personagens principais, quanto os secundários fossem encaixados em rótulos. Um exemplo disso são os três  citados abaixo.


O tímido:

Principalmente nos quatro primeiros episódios, o Boss parecia mais um louco ermitão preso na torre de seu castelo do que necessariamente alguém com fobia social.Pra quem aí também tem dificuldade de comunicação, sabe que isso não é sinônimo de usar um sobretudo preto, cobrindo o rosto e se esgueirando pelas portas. Pessoas com transtornos e fobias são muito mais do que isso.Eu sei que a intenção foi exagerar nas características do Boss para torná-lo engraçado, mas acho que acabou restringindo a complexidade do personagem, que se viu quase reduzido a uma caricatura.


A extrovertida:

Assim como o Boss, a prota também recebeu um rótulo e devo dizer que o dela foi ainda mais limitador. Pouco ou quase nenhum progresso aconteceu na personalidade dela ao longo do drama.


A mãe:

Dang Yoo Hee possui dois filhos pequenos e é descrita pelos CEOs Kang e CEO Eun como uma funcionária que acolhe e cuida dos demais, faz massagem, dá conselhos e chega distribuindo pão.Cuidado + carinho + conselhos + alimentar os outros = instinto maternal = rótulo de mãe! Pro roteiro, alguém que se dedica as pessoas é por que obrigatoriamente é uma (?) mãe. Pois é… sexista assim.


O suicídio:

Confuso e com um desfecho polêmico.

Os estereótipos SPOILERS, SPOILERS, SPOILERS

Talvez tenham tentado criar um obstáculo grande no romance do casal principal, mas devo dizer que falharam miseravelmente.Mesmo quando a prota está decidida em vingar a morte da irmã, com pouco tempo desiste da ideia e já se apega ao Boss, completamente convencida de que ele é uma boa pessoa. Depois, quando descobre a verdade, o suicídio é rapidamente perdoado por ela e por seu pai. Ou seja, na prática, isso pouco atrapalhou o romance entre os dois.Além disso, também não serviu para afastar o casal secundário. Eles já não se davam bem mesmo antes da tragédia e foi depois que eles conversam abertamente sobre o que aconteceu que se tornaram mais próximos.E, por fim, o desenvolvimento do plot deixou uma grande dúvida: o suicídio foi coerente ou não com a trajetória de Ji Hye?

Cena de 'My Shy Boss'
Cena de ‘My Shy Boss’

Ji Hye parecia uma pessoa COMPLETAMENTE sensata e equilibrada, então por que ela iria acabar com a própria vida por fatos que couberam em apenas alguns minutos de alguns episódios??A primeira explicação para  o suicídio é o fora ela que levou do Falsiane. Quando pensei que seria apenas isso, já peguei um abuso enorme do plot! >T Como assim vão mostrar uma mulher independente, com uma família amorosa e um emprego estável dando fim à própria vida por causa de um caso de uma noite??? Me poupe, se poupe, nos poupe, dona Coréia!Apenas perto do final é que descobrimos a verdade. Ji Hye tinha um amor não correspondido pelo Boss!!!! E aí… apesar de ainda NÃO ser a explicação que eu gostaria, consegui pelo menos encontrar uma justificativa para o ato desesperado dela. Vejamos se consigo me fazer entender.Ji Hye é descrita como a pessoa perfeita: esforçada, trabalhadora, paciente, carinhosa, boa filha, boa irmã, boa secretária, boa desenhista, boa em tudo… ufa! Uma pessoa que não costuma cometer falhas, certo? Então, em uma noite, comete o erro de ficar com o amigo do cara que ela gosta há séculos. E o pior! Houve toda uma discussão entre o cara que ela gosta e o que ela ficou! E nessa discussão Ji Hye foi tratada como se não valesse nada. E pra piorar ainda mais, a noiva é irmã do seu crush! E feriu a si mesma na frente dela! Pra alguém que parece ser perfeccionista como Ji Hye, errar é algo doloroso. E errar e ter os erros apontados na sua cara justamente por alguém que ela gosta… pode ter sido demais para aguentar. Com que cara ela iria trabalhar no outro dia? E, caso se demitisse ou fosse demitida, com que cara iria avisar à família?Pode ainda não ser a explicação ideal (e eu acredito que não é!), mas ainda acho que remorso e culpa são motivos melhores para um ato de desespero do que um fora do crush.

FIM DOS SPOILERS


VEREDITOIntroverted Boss começou bagunçado e, mesmo com a revisão de roteiro, pareceu sofrer com isso.Por isso, pra mim, conseguiu entreter, masfoi um drama totalmente esquecível.
Se você quiser assistir apenas uma comédia romântica divertida pode ver Introverted Boss numa boa. Caso queira algo mais profundo, melhor procurar outro drama. Fechô?


ONDE ASSISTIR? Introverted Boss / My Shy Boss  está disponível legendado na Netflix e Kingdom Fansub (necessário cadastro).


Beijinhos até!!!